Tratamento para controle de convulsão canina

Conforme escrevi aqui no mês de maio, o Oliver, meu Golden Retriever mais velho, começou a ter crises convulsivas. A primeira, mais forte delas, foi no dia 26/04, e durou cerca de dois minutos. Ele se debateu, a boca travou e espumou, os olhos ficaram vidrados e ele perdeu o controle urinário. A crise aconteceu por volta das duas horas da manhã e como ele tem o costume de dormir dentro do meu quarto, meu susto foi muito grande. Primeiro, por eu ter acordado com o barulho dele se debatendo e até entender o que estava acontecendo, com o quarto escuro, foi bem complicado. Depois, por vê-lo naquela situação, sem saber exatamente o que estava acontecendo e o que fazer. Lembro que mantive a calma, tentei segurá-lo para evitar que se machucasse e ao mesmo tempo fui verificando algumas coisas que imaginei que poderiam ter causado isso… até mesmo algum machucado ou picada de animal peçonhento. Passada a crise, ele se levantou com alguma dificuldade, demorou um pouco a me reconhecer e ficou extramente agitado, andado de um lado para o outro durante horas seguidas…

Levei-o então para uma consulta veterinária, onde foram feitos diversos exames de sangue, que descartaram alterações ou problemas que pudessem ser identificado nos exames. Partimos então para o tratamento contra epilepsia. Nesse meio tempo, ele teve outra crise, um pouco mais branda, com duração de 1 minuto aproximadamente.

O tratamento do Oliver é feito à base de Fenobarbital (Gardenal). Ele toma 01 comprimido a cada 12 horas, na dosagem indicada pelo veterinário. Pude observar alguns efeitos colaterais, sendo o principal deles a perda em alguns momentos da coordenação motora. Ele dá pequenos solavancos, perde o equilíbrio e esbarra em alguns objetos. Isso é bem nítido porque o Oliver sempre foi muito ágil e esperto. Essa era uma das principais características dele. É bem triste vê-lo assim, mas acho que esse efeito colateral ainda é bem melhor do que as crises que ela tinha.

Na verdade, ele teve mais duas pequenas convulsões depois que iniciou o tratamento. Mas comparadas às primeiras, foram muito mais brandas, sendo que ele não chegou a se debater. Apenas parou por alguns segundos, babou um pouco, perdeu o equilíbrio, mas recuperou logo em seguida.

Em relação ao Fenobarbital, vou postar algumas informações que pesquisei para quem quiser se informar mais a respeito.

 

Anúncios

9 respostas em “Tratamento para controle de convulsão canina

  1. tenho um labrador,que começou com as crises com pouco mais de 3 anos ele toma gadernol 50ml mas gostaria de que houvesse outro tipo de tratamento,homeopatico alimentar ou mesmo alguma terapia sou de sao gonçalo R,J e nao conheço nenhum profissional com essa formaçao mas pelo meu filhao vale a pena pesquisar.abraços,,,,,,,,,,,,,

    Curtir

  2. Há um ano estou tratando a minha labrador para epilepsia. As crises estão controladas com gadernal, mas penso em procurar também a terapia holística para cães. Parece bem interessante esse tipo de terapia. Eles tratam o cão como um todo, com alimentação natural, acupuntura, homeopatia e reavaliam as vacinas que realmente são necessárias. Acho que tudo é válido para ver os nossos companheiros saudáveis ; )

    Curtir

  3. Meu bebê tem onze meses, é um lindo mestiço de boxer x labrador, chocolate. Sempre muito brincalhão, apesar do tamanho sempre ficava dentro de casa no sofá com meu filho, mas nesta madrugada (12/03/2013) às três da manhã exatamente ele mudou, estava em sua casa no exterior da residencia e teve a primeira crise, acordamos e o que vimos foi desesperador, liguei pra todos os amigos que conheço que trabalham de alguma forma com cães e procurei um ps 24h, o levamos pela manhã ao hospital veterinário, a suspeita inicial era cinomose, mas os exames descartaram a possibilidade, aplicado fenobarbital, as crises pioraram, tiveram que sedá-lo. Agora ele está hospitalizado para observação, espero ver meu filhote bom, ao menos com indicios do que ele era antes, sei que pode ser díficil, estou esperançosa com o tratamento…
    Beijos

    Curtir

  4. Só quem passa é que sabe, meu cachorrinho um lindo bichon frise, teve sua primeira crise agora dia 28/01/2013, depois teve mais 3 no final de semana, uma em cada dia. é desesperador ver uma crise, parecia que ele iria morrer em meus braços, mto sofrido, sem falar que agora não fazemos mais nada, só ficamos o dia todo atrás dele, com medo de ter outro ataque! Agora dia 04/02/13, começou com Gardenal, ele esta sonolento e sem equilibrio,e parece que não me reconhece mais , fica cheirando as coisas… esta com 1/4 de 50mg, será que vai passar?
    Estou com medo da dose ser alta e por conta disso ele ficar assim para sempre…..ele tem 13 aninhos, mas sempre foi mto brincalhão e agitado…mesmo com essa idade ficava o dia todo com a bolinha na boca pra e pra cá, brincando….Estou escrevendo com olhos cheios de lágrimas em pensar que ele possa ficar assim, dormindo e caindo o dia todo!!! ou em crises convulsivas….Será que devo procurar um especialista em neurologia?Tem algum para indicar em São Paulo? Meu veterinário é excelente, mas não é Neuro.

    Curtir

    • Olá Fernanda.

      Realmente, é muito triste ver nosso amigo numa situação assim.
      Mas infelizmente são coisas da vida e o que podemos fazer é tentar amenizar qualquer sofrimento e dar a melhor condição para que ele viva bem.
      O meu Golden tem quase 40Kg e ele toma 200mg dia (1 comprimido 100mg a cada 12h).
      O veterinário disse que essa dose não é alta para ele. Fizemos alguns exames para medir a absorção do fenobarbital no organismo e dessa forma definir a melhor dosagem sem risco para o cão. Essa análise é feita através de exame de sangue e deve ser feita a cada 3 meses, mais ou menos.
      Converse com o veterinário a respeito desse exame…
      Além disso, veja com ele também se recomenda o uso de um remédio chamado EXIT.
      É indicado para melhorar a coordenação motora e reflexos. Depois que o Oliver começou com esse medicamento, melhorou bastante.
      Infelizmente, não conheço nenhum veterinário especialista nessa área para indicar, mas torço para que vc encontre um que possa lhe ajudar.

      Um abraço e boa sorte.
      Gustavo Teixeira

      Curtir

      • Oi Gustavo, como foi com seu Golden no início do tratamento?
        Pergunto pq minha cadela está começando o tratamento mas no primeiro dia ficava em pé. Hoje no 3°dia já não fica mais…

        Curtir

      • Olá Natália.
        No início eu não observei muita alteração no comportamento dele. Pode ser que a dose que vc está dando para o seu cão esteja muito alta. Seria interessante uma avaliação junto ao veterinário para que ele possa corrigir, se for o caso. Normalmente, ele não deveria ter esse tipo de reação no início do tratamento. Boa sorte!

        Curtir

  5. E como ele está agora, minha Beagle estamos com dificuldades de controlar as crises e está tomando gardenal associado ao Brometo de Potassio. estamos desesperados e é muito triste ve-la assim!

    Curtir

    • Olá Vanessa.

      O Oliver está respondendo muito bem ao tratamento agora.
      Voltamos a dose para o que ele estava tomando inicialmente (1 comp. 100mg a cada 12h) e depois disso não teve mais nenhuma crise. Mas ainda é cedo para falar que está 100% controlado pois se passaram uns 40 dias apenas e as crises dele tinham um intervalo médio de 1 mês.
      Outra coisa boa é que a coordenação motora dele está bem melhor.

      A sua Beagle tem que idade? Você já a levou para fazer o exame que mede o nível do medicamento no sangue para saber se a dosagem está adequada? Isso é muito importante para que o tratamento seja eficaz. Espero que as crises dela melhorem ou pelo menos amenizem pois concordo com vc que é muito triste ver o cão assim.
      Mas não se preocupe que as coisas vão melhorar, ok?!
      Veja esse exame com o veterinário dela e depois mande notícias.

      Boa sorte e um abraço.
      Gustavo Teixeira

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s